quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Confira a avaliação de Sociologia do primeiro ano

AVALIAÇÃO DE SOCIOLOGIA

PRIMEIRO ANO

01. (PITÁGORAS) Observe as duas imagens a seguir: a de um antigo e a de um atual noticiário da TV.

Gontijo Teodoro estréia na TV Tupi no Rio de Janeiro, em 1952, o seu Repórter Esso, que ficou no ar durante 18 anos e 9 meses.

CNN Headline News

a) Destaque as diferenças que as duas imagens apresentam.

resposta: Na primeira imagem, observamos a tela limpa, apenas a logomarca do telejornal. Já na outra imagem, temos um excesso de informações ao mesmo tempo, como letreiros trazendo informações e o apresentador, dentre outras.

b) Observando as imagens, quais transformações sociais podem-se deduzir que ocorreram na sociedade: Relacione pelo menos quatro.
resposta: A importância da imagem na sociedade atual; avanços tecnológicos ligados à informática; necessidade de maior velocidade das informações; maior facilidade e maior acesso às informações; entre outras.

02. (PITÁGORAS) A partir das duas imagens de noticiários de TV, mostradas na questão anterior, é possível descrever uma identidade nacional nas duas épocas citadas. Descreva semelhanças e as diferenças dessa identidade. Contextualize as imagens em relação ao tempo histórico.

resposta: As épocas nos remetem à questão política. Na primeira imagem, vivemos um período de censura às informações e expressão de ideias, o que não acontece nos dias atuais, época da segunda imagem. Com isso, há identidades distintas. No passado: ausência de liberdade, regime político autoritário/repressor, população pouco informada, manipulação dos meios de comunicação. Nos dias de hoje, excesso de liberdade e informação, ausência de limites e preocupação com a imagem.

03. (PITÁGORAS) Quando abordamos o tema indivíduo, identidade e socialização, intercambiamos vários fatores que influenciam na formação da pessoa. Família, escola, religião e os meios de comunicação agem diretamente nesse processo e é esse assunto que vamos explorar agora.

Discuta de que maneira se percebe a influência da família, da escola, da religião e dos meios de comunicação na sua própria formação?

resposta: Todos esses instrumentos - família, escola, meios de comunicação e religião - encontram-se intensamente no nosso dia a dia e a todo momento influenciando nossa formação. A família nos dá limítes do que podemos ou não fazer; a escola, além das letras, sociabiliza-nos, dando-nos noção de convivência em sociedade; os meios de comunicação nos informam e influenciam nossos desejos; principalmente os de consumo; a religião, quando a professamos, age sobre a nossa moral, quandão não a professamos, já nos dita algumas regras, que não temos escolha, por exemplo, o calendário.


04. (PITÁGORAS) Leia o texto abaixo.

A família

Dentro da família, observam-se mudanças significativas que afetam a escola. Até bem pouco tempo. Era “natural” encontrarmos famílias numerosas: seis, sete, oito ou mais filhos. A estrutura familiar era muito diferente da dos dias atuais. Era comum a divisão de tarefas da casa entre os filhos, coordenados, a todo momento, pela mãe, a famosa “dona de casa” ou “do lar”. O pai era o provedor; a mãe, a conselheira, a “companheira”, a educadora.

Hoje existe uma estrutura familiar diferente, e a mulher começou a conquistar espaços antes reservados apenas aos homens; a mãe agora trabalha fora, impulsionada pela crise financeira e/ou pelo desejo de ser tratada e considerada como ser humano pleno. Tal situação já provoca consequências significativas, a começar pelo tamanho das famílias.

Qual é o contraste que o texto apresenta entre a família do século passado e a atual? Como isso influencia diretamente no jeito de ser da escola?

resposta: As famílias eram numerosas, com muitos filhos, que, sob a orientação da mãe, que não trabalhava fora, dividiam as tarefas de casa, provocando um saber prático. Hoje as famílias reduziram o tamanho, um ou dois filhos em media. A mãe trabalha fora e com isso o serviço doméstico é terceirizado. Essas mudanças afetam diretamente a escola, pois elas precisam assumir funções, como o saber prático, que as famílias não oferecem mais.

05. (PITÁGORAS) Diversos são os pensadores que tentaram interpretar o caráter do brasileiro, aquilo que diferenciaria a sociedade brasileira das demais. Dentre estes pensadores, conhecemos Sérgio Buarque de Holanda, que no seu Raízes do Brasil utilizou o conceito de "homem cordial" para designar o "ser brasileiro".

Assinale a afirmativa que APRESENTA as características desse tipo social.

a) Gentileza e superficialidade.

b) Seriedade e bravura.

c) Amabilidade e fraqueza.

d) Educação e erudição.

e) Perseverança e respeitabilidade.

resposta: [A]

06. (UEL - 2011) Leia o texto a seguir.

“O primeiro beijo é sempre o último”. Assim um informante define, com certa nostalgia, o surgimento de uma nova rotina na prática de “ficar” entre os jovens ao longo da night. “Ficar” é essencialmente beijar, beijar em série, beijar muito. O primeiro beijo, marcado por algo absolutamente fugaz, registro imediato do tátil, desliga--se do que outrora era ritual do enamoramento, prelúdio de uma trajetória sentimental. [...] No campo do afeto e do exercício da sociabilidade, essa mesma noite propicia comportamentos que revelam a transitoriedade, a seriação e o deslocamento afetivo como um novo mecanismo de agrupamento dos jovens.

(ALMEIDA, M. I. M. de. Guerreiros da noite - cultura jovem e nomadismo urbano, In Ciência hoje, v. 34, n. 202, p. 28.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre a sociabilidade moderna, considere as afirmativas a seguir.

I. As práticas assinaladas entre os jovens identificam-se ao que se definiu como pós-modernidade, isto é, relações fluidas, marcadas pela instantaneidade e por rupturas contínuas com referenciais pré-estabelecidos.

II. O comportamento dos jovens que optam pela prática do “ficar” é diferente do estado anômico, analisado por Durkheim, na medida em que as bases da existência social mantêm seu funcionamento normal.

III. A vida social moderna, ao individualizar os sujeitos, eliminou a necessidade, entre os jovens, de participar de agrupamentos identitários e de estabelecer vínculos sociais com outras pessoas.

IV. A adoção da prática antissocial do “ficar” é fruto de uma juventude sem valores morais, como família, tradição e propriedade privada, presentes desde os primórdios da humanidade.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

resposta: [A]

07. (UEM) Toda sociedade desenvolve mecanismos de controle social com o objetivo de fazer com que cada indivíduo adote comportamentos esperados.

Sobre esse assunto, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01) A família, como esfera privada da vida regida por sentimentos e laços de sangue, não participa dos processos de controle social. ( F )

02) A polícia e o judiciário são instituições que exercem controle social de tipo formal e são próprias de sociedades complexas. ( V )

04) A religião é uma importante instituição de controle social, devido a sua alta eficiência na definição de comportamentos socialmente aceitos. ( V )

08) O controle social para ser eficiente deve combinar a transmissão de valores com estratégias de coerção. ( V )

16) Nas sociedades complexas, ocorre uma tendência de substituição de estratégias difusas de controle pela sua institucionalização formal, o que pode ser observado pelo incremento do aparato jurídico e policial. ( V )

08. (UEM - 2008) Leia o texto a seguir:

“Desde o início a criança desenvolve uma interação não apenas com o próprio corpo e o ambiente físico, mas também com outros seres humanos. A biografia do indivíduo, desde o nascimento, é a história de suas relações com outras pessoas. Além disso, os componentes não sociais das experiências da criança estão entremeados e são modificados por outros componentes, ou seja, pela experiência social.”

(BERGER, Peter L. e BERGER, Brigitte. “Socialização: como ser um membro da sociedade”. In FORACCHI, Marialice M. e MARTINS, José de Souza. Sociologia e Sociedade. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1977, p. 200).

Podemos concluir do texto que

01) os indivíduos, desde o nascimento, são influenciados pelos valores e pelos costumes que caracterizam sua sociedade. ( V )

02) a relação que a criança estabelece com o seu corpo não deveria ser do interesse das ciências biológicas, mas apenas da sociologia. ( F )

04) o fenômeno tratado pelo autor corresponde ao conceito de socialização, que designa o aprendizado, pelos indivíduos, das regras e dos valores sociais. ( V )

08) as experiências individuais, até mesmo aquelas que parecem mais relacionadas às nossas necessidades físicas, contêm dimensões sociais. ( V )

16) o desconforto físico que uma criança sente, como a fome, o frio e a dor, pode receber dos adultos distintas respostas de satisfação, dependendo da sociedade na qual eles estão inseridos.

( V )

09. (UNIOESTE) ASSINALE o item que melhor completa a frase “Os dois conceitos sociológicos: família e parentesco, ajudam no desenvolvimento sociológico ao

a) desvelarem a forma, a intensidade e finalidade da reprodução sexual da humanidade, pela qual a humanidade se perpetua.”

b) provocarem a constatação de que estão na origem das classes sociais, por meio do nascimento dos indivíduos.”

c) serem o local do amor e outras tantas e importantes relações afetivo-emocionais experimentadas pela sociedade.”

d) possibilitarem a compreensão da organização social apenas nas sociedades de menor densidade.”

e) tornarem compreensíveis as relações de afinidade e consanguinidade experimentadas pelos membros de um determinado grupo.”

resposta: [E]

10. (UFPR) Normalmente, quando se fala de socialização, se pensa no processo de interiorização de normas e de comportamentos sociais pela criança. Durkheim afirma que a socialização primária da criança, que ocorre nos primeiros anos de vida, é de responsabilidade da família, e a socialização secundária se faz em instituições como a igreja e a escola.

Considerando que vivemos no século XXI, que outras instituições participam hoje da socialização da criança? Cite duas e justifique sua escolha.

resposta: O aluno poderia discorrer sobre a participação da mídia, grupos de referências, como as bandas favoritas, clubes e várias outras instituições que participam do processo de socialização das crianças. Aí, naturalmente, vai do poder de argumentação do candidato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário