sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Confira a correção da avaliação de Sociologia do primeiro ano


Confira a correção da avaliação de Sociologia
Terceiro Bimestre
Primeiro ano

1. (PITÁGORAS) Analise a charge a seguir.

 Disponível em: http://img61.imageshack.us/img61/1403/automarcoaurkq5.jpg Acesso em: 04/10/2011

De acordo com Durkheim, a escola é a mais importante e poderosa instituição social.
Com base na análise da imagem e na abordagem de Durkheim, descreva qual é a função social da escola e o porquê de sua importância.

resposta: A escola é uma importante e poderosa instituição social para Durkheim por ser capaz de preparar as crianças e os jovens para a sociedade, por ensinar a eles as regras e comportamentos a serem seguidos, por ensinar a como se relacionar com os semelhantes. Ou seja, é papel da escola internalizar a sociedade no indivíduo.


2. (Udesc 2006)  Karl Marx foi um crítico do capitalismo. Há uma concepção sua segundo a qual, na sociedade capitalista, a escola é um aparelho do Estado a serviço da classe dominante, que visa reproduzir a ordem social vigente. Comente a respeito.

 
resposta:
 Esta visão corresponde à escola como aparelho ideológico e de reprodução social das desigualdades do sistema. Por essa perspectiva, a escola não funcionaria como forma de emancipação e se submeteria às necessidades produtivas do sistema, somente para fazer com que os estudantes sejam adestrados a trabalhar e a produzir melhor para próprio sistema. Exemplos disso são escolas técnicas e escolas que visam educar e formar elites econômicas. Este é o modelo adotado pelos países liberais e, em certa medida, também pelo Brasil. 







3. (PITÁGORAS) Analise as imagens a seguir.
 

Disponível em: http://www.humorpolitico.com.br/wp-content/uploads/2011/08/alienacao-dalcio-180811-humor-politico.jpg
Acesso em : 04/10/2011


 


 Disponível em: http://3.bp.blogspot.com/_KNefJScVKIQ/Sw2HPQpurgI/AAAAAAAABNY/lmJaJEM5MEY/s1600/avestruz+e+tv.jpg
Acesso em 04/10/2011

A partir da análise das imagens, explique como elas representam os meios de comunicação na sociedade.

resposta: 
As figuras mostram como os meios de comunicação de massa, representados pela televisão e rádio, podem envolver os indivíduos de tal maneira que não percebem muita coisa além de sua presença. Podendo levar a uma situação onde as pessoas se importam mais com os acontecimentos fictício veiculados na TV do que com os ocorridos na vida real, influenciando, assim, na formação de opinião dos cidadãos e com a possibilidade dessa opinião ser manipulada por algum veículo de comunicação.


4. (Interbits 2012)  Esse controle tecnológico pleno do ambiente em que vivem as pessoas acaba, por consequência, alterando seus comportamentos. Nessa sociedade altamente mecanizada, são os homens e mulheres que devem se adaptar ao ritmo e à aceleração das máquinas, e não o contrário.

SEVCENKO, Nicolau. A corrida para o século XXI: No loop da Montanha-russa. São Paulo: Companhia das Letras, 2001, p. 62.

A partir do texto acima e dos seus conhecimentos sobre a abordagem marxista, responda: de que forma o sistema capitalista de produção acaba por modificar a forma como as pessoas se relacionam com a máquina?
 
resposta:
 O sistema capitalista acaba por inverter a relação das pessoas com as máquinas. Desta maneira, são as pessoas que têm de se adaptar ao ritmo das máquinas, e não o inverso. Isso é determinado, sobretudo, pelo tempo da produção. Sendo assim, no interior de uma fábrica, por exemplo, os trabalhadores devem acompanhar a velocidade da esteira e da produção, e, fora dela, acompanham o tempo do trânsito e do transporte. Na esfera privada, podemos citar o celular e o computador como máquinas que modificam o comportamento das pessoas. 

5. (CNDL) Apresente uma leitura sociológica da charge abaixo.


 resposta:
Espera-se que o aluno se posicione acerca da crise econômica atual no continente europeu comentando o problema do crescente desemprego em alguns países do velho mundo, tais como, Itália, França e Inglaterra.
6. (Ufu 2001)  O contrato temporário de trabalho cria, em uma mesma empresa, dois segmentos de trabalhadores: o dos que possuem um vínculo empregatício menos instável e o dos que têm data marcada para a demissão. Com base nisto, responda: o contrato temporário de trabalho favorece ou dificulta a organização e a mobilização dos trabalhadores? Justifique sua resposta.

 
resposta:
 O contrato de trabalho temporário dificulta a organização e mobilização dos trabalhadores. Isso porque, devido à falta de estabilidade e à constante competição, os trabalhadores não se juntam em defesa de seus interesses coletivos, ficando submetidos aos interesses de seus patrões. 




7. (PITÁGORAS) Analise a imagem retirada do filme “Tempos Modernos”.
.


internet.com.br/filmes/temposmodernos/temposmodernos01.jpg
> Acesso em: 8ago. 2004.

“Parece que enquanto o conhecimento técnico expande o horizonte da atividade e do pensamento humanos, a autonomia do homem enquanto indivíduo, a sua capacidade de opor resistência ao crescente mecanismo de manipulação das massas, o seu poder de imaginação e o seu juízo independente sofreram aparentemente uma redução. O avanço dos recursos técnicos de informação se acompanha de um processo de desumanização. Assim, o progresso ameaça anular o que se supõe ser o seu próprio objetivo: a idéia de homem.”

(HORKHEIMER, Max. Eclipse da razão. Trad. de Sebastião Uchôa Leite. Rio de Janeiro: Editorial Labor do Brasil, 1976. p. 6.)

Associe a qualificação profissional com a evolução do capitalismo, apontando seus riscos e suas vantagens. causas em suas situações imediatas e no seu caráter. Mas quando (...) milhões de homens estão desempregados, não podemos acreditar que todos eles subitamente ficaram preguiçosos e deixaram de ‘ser bons’.”

(MILLS, C. W. A Sociedade de Massas. In: FORACHI, M. M.; MARTINS, J. S. Sociologia e Sociedade: Leituras de Introdução à Sociologia. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1977. p. 323.)


As mudanças no mercado de trabalho na Europa e nos Estados Unidos têm aumentado o desemprego dos trabalhadores. Na Espanha, em torno de 20% da população está desempregada. Como se pode explicar sociologicamente que países ricos tenham chegado a essa situação de falta de oportunidades de trabalho para tantos trabalhadores?
 
 resposta:
A evolução técnica do capitalismo transformou as relações sociais de produção e de trabalho. A exigência de qualificação foi aumentando conforme o processo de urbanização se intensificou, assim como a introdução da atualização tecnológica constante.
• Riscos: os ritmos do progresso e da transformação tecnológica podem desumanizar os indivíduos, massificar as formas de cultura, precarizar as condições de trabalho e reduzir os homens a objetos dos sistemas produtivos.
• Vantagens: as inovações técnicas reduziram custos e distâncias. Houve uma democratização do acesso aos bens de consumo e tecnologias avançadas, antes restritas aos grupos dominantes. As carreiras e empregos se diversificaram diante da crescente incorporação de novas necessidades como a prestação de serviços.


9. (Ufpr 2011)  “O trabalho é o esforço para transformar a natureza e, nesse processo, o homem transforma a si mesmo”.
(Araújo, S.; BRIDI, M. A.; Motim, B. Sociologia um olhar crítico, p. 49)

Como aplicar essa afirmação no contexto da produção atual com grande predominância da tecnologia?



resposta:
 O que se observa hoje não é nada mais do que aquilo que já se anunciava no século XIX: máquinas como quintessência da produção capitalista de massa e seu correlato no aspecto humano, a alienação. Por outro lado, a automação do processo industrial, mais contemporâneo, desloca o local privilegiado do mercado de trabalho da fábrica para os serviços. A natureza continua sendo explorada de maneira predatória e o ser humano, como nunca antes, arregimenta tecnologias, sobretudo as de informação, como próteses para a vida cotidiana. 

10. (PITÁGORAS) Observa-se que o trabalho ainda é fonte principal da identidade, do objetivo e do sentido de vida das pessoas de um modo geral. Como ficaria essa identidade e esse sentido da vida das pessoas sem o trabalho como referência? Justifique sua resposta.

resposta:
Um mundo sem trabalho seria, pelos nossos referenciais atuais, sem identidade e sentido para as pessoas. Outros referenciais dariam sentido para a vida das pessoas: lazer, religião, ideologias políticas, aspectos culturais.


Questões extras

1. (PITÁGORAS) Leia o fragmento do texto a seguir de Daniela Vasconcellos Gomes.

A FAMÍLIA DE ONTEM E DE HOJE

O que é uma família? Qual sua função? Um casal com filhos? E o casal sem filhos é família? E irmãos sem seus pais? O pai da madrasta é da família? E os avós, tios, primos, os parentes do atual marido/mulher são da família? Existe ex-família? E os casais homossexuais? O que dizer sobre uma mulher que engravidou por inseminação artificial? Afinal, somente é considerada família aquele modelo tipo tradicional, o famoso estereótipo de família feliz de comercial de margarina? As ideias sobre a família são muito diversas, contraditórias. Ao longo dos anos modificam-se para acompanhar o avanço da sociedade e demonstrar padrões de comportamento, normas sociais, conformismo ou rebeldia, valores morais e éticos, sentimentos como dor, alegria, orgulho ou decepção.

 Disponível em: http://www.jornalinformante.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=5677:a-familia-de-ontem-e-de-hoje&catid=40:cat-opinioes&Itemid=37 Acesso em: 30/09/2011


A família é uma das principais instituições sociais responsável pelo primeiro contato de uma criança com o mundo e sua maneira de se organizar.

A respeito da família, é possível inferir que
a) enquanto instituição, perdeu totalmente sua função, portanto está fadada a desaparecer, restando ao individuo somente a si mesmo.
b) deve permanecer inalterada a família moderna. Mesmo com todas as mudanças ocorridas na sociedade, o padrão único deve ser mantido.
c) deve ser definida como básica aquela que é composta por pai, mãe e filho, evitando outras variações por se tratar de uma importante instituição social e esses serem os principais atores sociais.
d) permaneceu com seu conceito intacto, apesar das mudanças ocorridas na sociedade em decorrência dos avanços tecnológicos.
e) a definição de um padrão único de família é ilusória, mesmo com todos os avanços tecnológicos e as mudanças ocorridas na sociedade moderna.

resposta:[E]


2. (Unicentro 2010)  “A instituição familiar é essencialmente dinâmica, e este dinamismo tornou-se muito visível na segunda metade do século XX, não só no Brasil, mas em praticamente todo o mundo ocidental. A família tradicional foi adquirindo contornos nunca antes imaginados. As novas configurações da família levaram a sociedade, e inclusive os cientistas sociais, a anunciarem a falência desta instituição social. Mas, não era o fim, e sim a prova da imensa capacidade criativa do ser humano de adequar-se a novas necessidades e novos valores.”

(PARANÁ. Livro didático de Sociologia. Curitiba, 2006, p.110)

Segundo o texto é correto afirmar que
a) a instituição familiar se caracteriza por ser, essencialmente, matrilinear, dinâmica e imutável.
b) atualmente, as famílias se configuraram de maneiras distintas.
c) existe uma estrutura familiar que deve ser seguida por toda sociedade tida como correta.
d) não se configura como família onde não há a presença de um pai ou de uma mãe.
e) a família tradicional é imutável e estática.
 
resposta:[B]

Afirmações como “a instituição familiar é essencialmente dinâmica” e “a família tradicional foi adquirindo contornos nunca antes imaginados” deixam entrever como a instituição familiar tem-se modificado, assumindo formas várias na sociedade brasileira contemporânea. Sendo assim, somente a alternativa [B] está correta.

3. (PITÁGORAS) Leia os trechos a seguir da canção “Estudo Errado”, do rapper brasileiro Gabriel, O Pensador:
 
Eu tô aqui 
Pra quê?
Será que é pra aprender?
Ou será que é pra sentar, me acomodar e obedecer? (...)
(...) Mas eu prefiro que eles me ensinem alguma coisa que preste
- O que é corrupção? Pra que serve um deputado?
Não me diga que o Brasil foi descoberto por acaso!
Ou que a minhoca é hermafrodita
Ou sobre a tênia solitária.
Não me faça decorar as capitanias hereditárias!! (...)
(...) E me disseram que a escola era meu segundo lar
E é verdade, eu aprendo muita coisa realmente
Faço amigos, conheço gente, mas não quero estudar pra sempre!
Então eu vou passar de ano
Não tenho outra saída
Mas o ideal é que a escola me prepare pra vida
Discutindo e ensinando os problemas atuais
E não me dando as mesmas aulas que eles deram pros meus pais
Com matérias das quais eles não lembram mais nada.
(Estudo Errado – Gabriel, O Pensador)
Fonte: Disponível em: http://letras.terra.com.br/gabriel-pensador/66375/ . Acesso em: 28/09/2011


Na Canção “Estudo Errado”, Gabriel, O Pensador aborda o tema da escola, relatando ações características dessa instituição para desenvolver a letra da canção.
Ao analisar os trechos da letra da canção, é correto afirmar que
a) a escola, com o passar do tempo, perdeu totalmente seu foco no ensino e a sua existência está dissociada de qualquer função social.
b) a escola tem papel fundamental na socialização do individuo, reproduzindo padrões estabelecidos pela sociedade mas que, mesmo assim, o individuo a vê como local de aprendizado.
c) ela enfatiza a riqueza do ensino escolar e sua principal característica que é investir no individual com o intuito de se formar padrões do indivíduo, não padrões do coletivo.
d) ela demonstra que a escola e suas características desenvolvem um papel secundário na socialização dos indivíduos.
e) seu autor relata como a escola valoriza o conhecimento prévio do aluno e incentiva a criatividade em suas atividades.

resposta:[B]




Nenhum comentário:

Postar um comentário