domingo, 3 de junho de 2012

Saiba mais sobre Indivíduo, identidade e socialização

CNDL
SOCIOLOGIA
Primeiro Ano
Unidade 3
Indivíduo, identidade e socialização
Teste seus conhecimentos

1. (PITÁGORAS) Diversos são os pensadores que tentaram interpretar o caráter do brasileiro, aquilo que diferenciaria a sociedade brasileira das demais. Dentre estes pensadores, conhecemos Sérgio Buarque de Holanda, que no seu Raízes do Brasil utilizou o conceito de "homem cordial" para designar o "ser brasileiro". Assinale a afirmativa que APRESENTA as características desse tipo social. 
a) Gentileza e superficialidade. 
b) Seriedade e bravura. 
c) Amabilidade e fraqueza. 
d) Educação e erudição. 
e) Perseverança e respeitabilidade. 


resposta:[A] 


2. (PITÁGORAS) Avalie as seguintes afirmativas acerca da organização familiar em nossa sociedade atual. 
I – As famílias são menos numerosas por causa de medidas governamentais, como o controle de natalidade. 
II – As mulheres tem ganhado espaço no mercado de trabalho, no entanto há ausência da participação dos homens nas tarefas domésticas. 
III – A família tem transferido à escola a tarefa de educar e socializar seus filhos. 

ASSINALE se 
a) apenas I estiver certa. 
b) apenas I e II estiverem certas. 
c) apenas II e III estiverem certas. 
d) apenas III estiver certa. 
e) todas estiverem certas. 

resposta:[C]


3. (PITÁGORAS) Em relação às condições de socialização segundo Émile Durkheim, considere as afirmativas a seguir. 
I – Nessa condição social, as pessoas realizam as mais diversas atividades produtivas, envolvendo-se desde o plantio até a colheita dos alimentos. Dessa forma, a diferenciação no que se refere à função desempenhada pelos indivíduos na sociedade é muito pequena. 
II – Nessa condição social, a religião deve fazer sentido para o indivíduo isoladamente, pois este desempenha funções muito particulares no interior da sociedade, não se adequando, portanto, a esquemas e classificações amplas e compartilhadas por todos. 
III – Nessa condição social, os indivíduos identificam o seu objetivo de vida com aquele de seu grupo social. Assinale a alternativa que mais adequadamente se utiliza dos conceitos durkheimnianos de solidariedade mecânica e solidariedade orgânica. 

a) Todas as afirmativas referem-se à solidariedade mecânica. 
b) I e III referem-se à solidariedade mecânica, ao passo que II refere-se à solidariedade orgânica. 
c) I refere-se à solidariedade mecânica, ao passo que II e III referem-se à solidariedade orgânica. 
d) I e II referem-se à solidariedade orgânica, III refere-se à solidariedade mecânica. 
e) I e III referem-se à solidariedade orgânica, ao passo que II refere-se à solidariedade mecânica.




resposta:[B]

4. (Unicentro 2011)  Entende-se por socialização o processo por meio do qual
a) o indivíduo aprende a ser um membro da sociedade.   
b) a sociedade divide a riqueza produzida socialmente.   
c) o indivíduo constrói laços de afetividade familiar.   
d) a comunidade é transformada em sociedade.   
e) os grupos sociais se constituem.   
 
Resposta:[A]

Socialização pode ser compreendida como o processo pelo qual os indivíduos, ao estarem em contato com as instituições sociais, e por meio de relações sociais, incorporam as normas, valores, comportamentos, símbolos e linguagens da sociedade em que são inseridos. A síntese de tal definição está contida na alternativa [A].  
 
5. (Unioeste 2011)  Um dos universos mais constantes nas Ciências Sociais diz respeito ao estudo das instituições sociais. Família, religião, trabalho foram temáticas investigadas pelos primeiros pesquisadores da área, mas que ainda continuam presentes na produção contemporânea. Sobre o conceito de instituição social é correto afirmar que
a) o conceito de instituição social corresponde à ação de instituir ou determinar padrões de comportamento, padrões que são construídos historicamente e possuem um poder de coerção em determinado contexto.   
b) as instituições sociais são as entidades filantrópicas que prestam serviço comunitário, elas são instituições por terem uma sede e um estatuto pré-determinado e são sociais por atender interesses públicos.   
c) a linguagem não pode ser considerada uma instituição por ser algo natural do ser humano e não possuir seus limites claramente definidos, como é o caso da escola, por exemplo.   
d) segundo Goffman, as únicas instituições com características sociológicas são as de caráter fechado, pois são impositivas e desenvolvem uma sociabilidade própria.   
e) levando em consideração a teoria de Emile Durkheim, podemos afirmar que nem todas as instituições sociais podem ser consideradas como fatos sociais, pois estes obrigatoriamente precisam ser coletivos, coercitivos e externos aos indivíduos.   
  
 
Resposta:[A]

Ainda que o estudante não conheça os nomes e as teorias dos sociólogos citados na questão, é possível para ele respondê-la. As instituições sociais são caracterizadas conforme o que está escrito na alternativa [A]. Essa corresponde a uma definição abrangente de instituições, o que pode incluir desde a linguagem até formas de instituições fechadas, como conventos, quartéis e prisões. Vale ressaltar que instituições, para a sociologia, não podem ser confundidas com organizações filantrópicas.  


6. (Unicentro 2011)  A respeito dos estudos sobre socialização, está correto o que se afirma em
a) O primeiro grupo social fundamental na socialização é o religioso, representado pela Igreja.   
b) O processo de maturação biológica e o desenvolvimento infantil necessitavam de intervenções de adultos, o que sempre será igual, independente das diferenças culturais.   
c) O processo de socialização termina quando o indivíduo atinge a maioridade e entra no mercado de trabalho.   
d) A sociologia postula a existência de uma natureza infantil que explica a igualdade nas condições de ser criança.   
e) A internalização do social e a sua percepção da realidade, como a primeira socialização, ocorrem dentro do grupo familiar, sendo, assim, decorrentes da classe social da família.   

 
Resposta:[E]

Pode-se dizer que existem dois processos de socialização principais na vida de um indivíduo: a socialização primária e a secundária. A primária acontece nos primeiros anos de vida da pessoa. É neste período que ela aprende e internaliza os principais valores e símbolos dominantes na sociedade em que é inserida. Na sociedade moderna, tal socialização ocorre no seio da família, considerada a primeira instituição social que exerce atuação sobre o indivíduo. A socialização secundária, por sua vez, relaciona-se com a divisão dos papéis ao interno da sociedade. É quando o indivíduo entra em contato com outras instituições, tais como o Estado, por exemplo. As novas abordagens sociológicas são interessantes por serem capazes de pensar tais processos levando em conta as diferenças de classes e as relações de poder ao interno da sociedade.  

 
7. (Ueg 2008)  De acordo com as teorias sociológicas, a socialização é
a) um processo no qual o capitalismo supera o isolamento das pequenas propriedades do regime feudal.   
b) um contrato jurídico no qual o trabalho deixa de ser individual e autônomo e passa a ser social e heterônomo.   
c) um processo no qual, por um lado, o indivíduo se torna um ser social e, por outro, se torna um indivíduo integrado em determinadas relações sociais.   
d) um conceito de Herbert Spencer, segundo o qual ocorre uma evolução para uma forma de sociedade superior e mais progressista.   
 
Resposta:[C]

Somente a alternativa [C] é plausível a respeito do processo de socialização. Este corresponde à forma como o indivíduo incorpora as formas de pensar, agir e sentir da sociedade na qual é inserido. Isso se dá mediante relações sociais simbólicas em um espaço social determinado e ao longo da história de vida de cada indivíduo. É mediante tal processo que o indivíduo se constitui como um ser social.  

 
8. (Ufpa 2008)  Pode-se dizer que as diferenças culturais existentes na humanidade são explicadas e compreendidas, entre outros fatores, por meio de seus processos de socialização. A escola é um importante espaço desse processo porque
a) proporciona a educação formal, que é um instrumental relevante na manutenção das realidades socioculturais, uma vez que apenas os membros mais velhos de uma dada sociedade determinam o modo se ser, agir e pensar das novas gerações.   
b) é possível perceber, no universo da sala de aula, o caráter formal e informal da educação, pois alunos e professores trazem consigo uma bagagem cultural que se manifesta espontaneamente e em situações diversas.   
c) transmite modelos sociais de comportamento homogêneo, uma vez que as diferenças sociais e culturais entre as pessoas garantem o dinamismo neste processo educativo.   
d) busca ampliar ações afirmativas por meio do diálogo com outras identidades, ou seja, o interculturalismo, baseando-se na eliminação das diferenças socioculturais e reforçando conflitos e disputas pela manutenção ou ampliação de poder.   
e) aprender e ensinar aspectos culturais são processos que se manifestam em momentos e lugares específicos da educação formal, como é o caso do que se processa nas escolas e universidades.   
 
Resposta:[B]

Somente a alternativa B é correta. As alternativas A e E são incorretas por considerarem a escola somente como um processo de educação formal. Já as alternativas C e D são contraditórias: a transmissão de modelos sociais de comportamento homogêneo contradiz a pretensão de dinamismo no processo educativo, assim como a afirmação do multiculturalismo contradiz a manutenção e ampliação do poder.  



9. (Uel 2007)  “Socialização significa o processo pelo qual um indivíduo se torna um membro ativo da sociedade em que nasceu, isto é, comporta-se de acordo com seus folkways e mores [...]. Há pouca dúvida de que a sociedade, por suas exigências sobre os indivíduos determina, em grande parte, o tipo de personalidade que predominará. Naturalmente, numa sociedade complexa como a nossa, com extrema heterogeneidade de padrões, haverá consideráveis variações. Seria, portanto, exagerado dizer que a cultura produz uma personalidade totalmente estereotipada. A sociedade proporciona, antes, os limites dentro dos quais a personalidade se desenvolverá”.

Fonte: KOENIG, S. Elementos de Sociologia. Tradução de Vera Borda, Rio de Janeiro, Zahar Editores, 1967, p. 70-75.

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar:
a) Existe uma interação entre a cultura e a personalidade, o que faz com que as individualidades sejam influenciadas de diferentes modos e graus pelo ambiente social.   
b) Apesar de os indivíduos se diferenciarem desde o nascimento por dotes físicos e mentais, desenvolvem personalidades praticamente idênticas por conta da influência da sociedade em que vivem.   
c) A sociedade impõe, por suas exigências, aprovações e desaprovações, o tipo de personalidade que o indivíduo terá.   
d) O indivíduo já nasce com uma personalidade que dificilmente mudará por influência da sociedade ou do meio ambiente.   
e) São as tendências hereditárias e não a sociedade que determinam a personalidade do indivíduo.   
 
Resposta:[A]

Segundo a corrente interacionista da sociologia, no processo de socialização ocorre uma relação dialética entre a cultura e a personalidade. A sociedade (ou cultura), construída pelo sujeito, o condiciona e determina qual a matriz sobre a qual o indivíduo pode construir sua personalidade pessoal. Nesse sentido, podemos dizer que a individualidade é socialmente condicionada e, por isso, somente a alternativa [A] é correta.  

10. (PITÁGORAS) Pensando acerca do tema dos meios de comunicação, identifique dentre as definições a seguir aquela que está mais adequada ao conceito de "gestão de visibilidade".
a) Administração pública voltada para a publicidade dos seus atos.
b) Controle direto ou indireto da forma e conteúdo daquilo que é noticiado na imprensa, visando, em geral, a exposição contínua de um ator político.
c) Atores políticos orientados para a publicização de suas metas e programas.
d) Ausência de controle do conteúdo daquilo que é noticiado, medida esta que visa uma maior transparência e imparcialidade por parte da imprensa.
e) Candidatos políticos que, independentemente do motivo, estão à todo momento em exposição nos meios de comunicação.


resposta:[B]
 
11. (PITÁGORAS) Leia o fragmento do texto a seguir de Daniela Vasconcellos Gomes.

A FAMÍLIA DE ONTEM E DE HOJE

O que é uma família? Qual sua função? Um casal com filhos? E o casal sem filhos é família? E irmãos sem seus pais? O pai da madrasta é da família? E os avós, tios, primos, os parentes do atual marido/mulher são da família? Existe ex-família? E os casais homossexuais? O que dizer sobre uma mulher que engravidou por inseminação artificial? Afinal, somente é considerada família aquele modelo tipo tradicional, o famoso estereótipo de família feliz de comercial de margarina? As ideias sobre a família são muito diversas, contraditórias. Ao longo dos anos modificam-se para acompanhar o avanço da sociedade e demonstrar padrões de comportamento, normas sociais, conformismo ou rebeldia, valores morais e éticos, sentimentos como dor, alegria, orgulho ou decepção.



A família é uma das principais instituições sociais responsável pelo primeiro contato de uma criança com o mundo e sua maneira de se organizar.

A respeito da família, é possível inferir que
a) enquanto instituição, perdeu totalmente sua função, portanto está fadada a desaparecer, restando ao individuo somente a si mesmo.
b) deve permanecer inalterada a família moderna. Mesmo com todas as mudanças ocorridas na sociedade, o padrão único deve ser mantido.
c) deve ser definida como básica aquela que é composta por pai, mãe e filho, evitando outras variações por se tratar de uma importante instituição social e esses serem os principais atores sociais.
d) permaneceu com seu conceito intacto, apesar das mudanças ocorridas na sociedade em decorrência dos avanços tecnológicos.
e) a definição de um padrão único de família é ilusória, mesmo com todos os avanços tecnológicos e as mudanças ocorridas na sociedade moderna.

resposta:[E]
 
12. (Unicentro 2010)  “A instituição familiar é essencialmente dinâmica, e este dinamismo tornou-se muito visível na segunda metade do século XX, não só no Brasil, mas em praticamente todo o mundo ocidental. A família tradicional foi adquirindo contornos nunca antes imaginados. As novas configurações da família levaram a sociedade, e inclusive os cientistas sociais, a anunciarem a falência desta instituição social. Mas, não era o fim, e sim a prova da imensa capacidade criativa do ser humano de adequar-se a novas necessidades e novos valores.”

(PARANÁ. Livro didático de Sociologia. Curitiba, 2006, p.110)

Segundo o texto é correto afirmar que
a) a instituição familiar se caracteriza por ser, essencialmente, matrilinear, dinâmica e imutável. 
b) atualmente, as famílias se configuraram de maneiras distintas. 
c) existe uma estrutura familiar que deve ser seguida por toda sociedade tida como correta. 
d) não se configura como família onde não há a presença de um pai ou de uma mãe. 
e) a família tradicional é imutável e estática.

 Resposta:[B]

Afirmações como “a instituição familiar é essencialmente dinâmica” e “a família tradicional foi adquirindo contornos nunca antes imaginados” deixam entrever como a instituição familiar tem-se modificado, assumindo formas várias na sociedade brasileira contemporânea. Sendo assim, somente a alternativa [B] está correta.

13. (Unioeste 2009)  Leia a letra de música a seguir:


Família (Arnaldo Antunes /Toni Bellotto - Titãs)


Família! Família!
Papai, mamãe, titia
Família! Família!
Almoça junto todo dia
Nunca perde essa mania...
Mas quando a filha
Quer fugir de casa
Precisa descolar um ganha-pão
Filha de família se não casa
Papai, mamãe
Não dão nem um tostão...

Família êh! Família ah!
Família! oh! êh! êh! êh!
Família êh! Família ah!
Família!...
Família! Família!
Vovô, vovó, sobrinha
Família! Família!
Janta junto todo dia
Nunca perde essa mania...

Mas quando o nenê
Fica doente
Uô! Uô!
Procura uma farmácia de plantão
O choro do nenê é estridente
Uô! Uô!
Assim não dá prá ver televisão...

Família êh! Família ah!
Família! oh! êh! êh! êh!
Família êh! Família ah!
Família! hiá! hiá! hiá!...
Família! Família!
Cachorro, gato, galinha
Família! Família!
Vive junto todo dia
Nunca perde essa mania...

A mãe morre de medo de barata
Uô! Uô!
O pai vive com medo de ladrão
Jogaram inseticida pela casa
Uô! Uô!
Botaram cadeado no portão...

Família êh! Família ah!
Família!
Família êh! Familia ah!
Família! oh! êh! êh! êh!
Família êh! Família ah!
Família! hiá! hiá! hiá!...


Com base na letra de música Família e nos seus conhecimentos sobre o tema, pode-se afirmar que

I. A família continua sendo uma instituição social valorizada em nossa sociedade.
II. A família descrita na música é extensa e monogâmica.
III. A família descrita na música é de um tipo alternativo, fora dos padrões tradicionais.
IV. Na família os papéis sociais são muito bem definidos.

Assinale a alternativa que contempla as afirmativas corretas.
a) I, II e IV. 
b) II e III. 
c) II, III e IV. 
d) I e IV. 
e) I, II , III e IV. 

Resposta:[A]

A família é, por muitos sociólogos, considerada a instituição social mais importante para os indivíduos. A família apresentada na música dos Titãs é uma família tradicional para os padrões ocidentais: uma família extensa e monogâmica. Ela apresenta papéis sociais bem definidos e diferenciados, facilmente reconhecíveis pelas pessoas. Por essas razões que somente as afirmativas I, II e IV são corretas.


14. (Uem 2009)  Leia o texto a seguir:

“Desde o início a criança desenvolve uma interação não apenas com o próprio corpo e o ambiente físico, mas também com outros seres humanos. A biografia do indivíduo, desde o nascimento, é a história de suas relações com outras pessoas. Além disso, os componentes não sociais das experiências da criança estão entremeados e são modificados por outros componentes, ou seja, pela experiência social.”

(BERGER, Peter L. e BERGER, Brigitte. Socialização: como ser um membro da sociedade”. In: FORACCHI, Marialice M. e MARTINS, José de Souza. Sociologia e Sociedade.
Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1977, p. 200).

Podemos concluir do texto que
01) os indivíduos, desde o nascimento, são influenciados pelos valores e pelos costumes que caracterizam sua sociedade.   
02) a relação que a criança estabelece com o seu corpo não deveria ser do interesse das ciências biológicas, mas apenas da sociologia.   
04) o fenômeno tratado pelo autor corresponde ao conceito de socialização, que designa o aprendizado, pelos indivíduos, das regras e dos valores sociais.   
08) as experiências individuais, até mesmo aquelas que parecem mais relacionadas às nossas necessidades físicas, contêm dimensões sociais.   
16) o desconforto físico que uma criança sente, como a fome, o frio e a dor, pode receber dos adultos distintas respostas de satisfação, dependendo da sociedade na qual eles estão inseridos.   
 
Resposta:
 01 + 04 + 08 + 16 = 29.

É próprio das ciências sociais considerarem o corpo como uma construção social. Entretanto, apesar dessa ênfase, não se pode cair no determinismo de pensar que é somente a sociedade quem condiciona o uso do corpo. É por isso que a asserção [02] é incorreta, por desqualificar a importância das ciências biológicas como fonte de conhecimento sobre a relação da criança com seu corpo.  

15. (Uem 2011)  “O quadro familiar torna-se, assim, tão poderoso e exigente, que sua sombra persegue os indivíduos mesmo fora do recinto doméstico. A entidade privada precede sempre, neles, a entidade pública. A nostalgia dessa organização compacta, única e intransferível, onde prevalecem necessariamente as preferências fundadas em laços afetivos, não podia deixar de marcar nossa sociedade, nossa vida pública, todas as nossas atividades. Representando, como já se notou acima, o único setor onde o princípio de autoridade é indisputado, a família colonial fornecia a ideia mais normal de poder, da respeitabilidade, da obediência e da coesão entre os homens. O resultado era predominarem, em toda a vida social, sentimentos próprios à comunidade doméstica, naturalmente particularista e antipolítica, uma invasão do público pelo privado, do Estado pela família.”

HOLANDA, Sérgio Buarque. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio, 1992, p. 50.

Considerando o texto acima e o tema instituições sociais, assinale o que for correto.
01) O texto trata das relações que os indivíduos estabelecem com uma instituição social específica, o Estado. 
02) No processo de formação da sociedade brasileira, os interesses privados interferem na conduta pública dos indivíduos. 
04) No Brasil, a comunidade doméstica promoveu um equilíbrio entre os interesses coletivos e privados, revelando sua ação em defesa do que é público. 
08) O autor define que a família colonial é uma organização compacta, única e intransferível, que exerceu profunda influência na formação social e cultural brasileira. 
16) O Estado brasileiro manteve-se livre dos particularismos, das visões antipolíticas e dos interesses privados. 

Resposta:
 01 + 02 + 08 = 11.

No Brasil, somente 4% da população, que é muita rica, detém grande parte da concentração de renda e os outros 97% da população, independente da sua situação econômica, encontra-se longe da participação desta, o que torna cada vez mais o Brasil um país desigual, com interesses sociais distintos e o que agrava a distribuição de renda e piora ainda mais as condições favoráveis de sobrevivência.

 
16. (PITÁGORAS) Leia os trechos a seguir da canção “Estudo Errado”, do rapper brasileiro Gabriel, O Pensador:




Eu tô aqui Pra quê?
Será que é pra aprender?
Ou será que é pra sentar, me acomodar e obedecer? (...)
(...) Mas eu prefiro que eles me ensinem alguma coisa que preste
- O que é corrupção? Pra que serve um deputado?
Não me diga que o Brasil foi descoberto por acaso!
Ou que a minhoca é hermafrodita
Ou sobre a tênia solitária.
Não me faça decorar as capitanias hereditárias!! (...)
(...) E me disseram que a escola era meu segundo lar
E é verdade, eu aprendo muita coisa realmente
Faço amigos, conheço gente, mas não quero estudar pra sempre!
Então eu vou passar de ano
Não tenho outra saída
Mas o ideal é que a escola me prepare pra vida
Discutindo e ensinando os problemas atuais
E não me dando as mesmas aulas que eles deram pros meus pais
Com matérias das quais eles não lembram mais nada.
(Estudo Errado – Gabriel, O Pensador)
Fonte: Disponível em: http://letras.terra.com.br/gabriel-pensador/66375/ . Acesso em: 28/09/2011


Na Canção “Estudo Errado”, Gabriel, O Pensador aborda o tema da escola, relatando ações características dessa instituição para desenvolver a letra da canção.
Ao analisar os trechos da letra da canção, é correto afirmar que
a) a escola, com o passar do tempo, perdeu totalmente seu foco no ensino e a sua existência está dissociada de qualquer função social.
b) a escola tem papel fundamental na socialização do individuo, reproduzindo padrões estabelecidos pela sociedade mas que, mesmo assim, o individuo a vê como local de aprendizado.
c) ela enfatiza a riqueza do ensino escolar e sua principal característica que é investir no individual com o intuito de se formar padrões do indivíduo, não padrões do coletivo.
d) ela demonstra que a escola e suas características desenvolvem um papel secundário na socialização dos indivíduos.
e) seu autor relata como a escola valoriza o conhecimento prévio do aluno e incentiva a criatividade em suas atividades.


resposta:[B]
 
17. (PITÁGORAS) Analise a charge a seguir.

 Disponível em: http://img61.imageshack.us/img61/1403/automarcoaurkq5.jpg Acesso em: 04/10/2011



De acordo com Durkheim, a escola é a mais importante e poderosa instituição social.

Com base na análise da imagem e na abordagem de Durkheim, descreva qual é a função social da escola e o porquê de sua importância.

resposta: A escola é uma importante e poderosa instituição social para Durkheim por ser capaz de preparar as crianças e os jovens para a sociedade, por ensinar a eles as regras e comportamentos a serem seguidos, por ensinar a como se relacionar com os semelhantes. Ou seja, é papel da escola internalizar a sociedade no indivíduo.
 
18. (Udesc 2006)  Karl Marx foi um crítico do capitalismo. Há uma concepção sua segundo a qual, na sociedade capitalista, a escola é um aparelho do Estado a serviço da classe dominante, que visa reproduzir a ordem social vigente. Comente a respeito.
 
Resposta:
 Esta visão corresponde à escola como aparelho ideológico e de reprodução social das desigualdades do sistema. Por essa perspectiva, a escola não funcionaria como forma de emancipação e se submeteria às necessidades produtivas do sistema, somente para fazer com que os estudantes sejam adestrados a trabalhar e a produzir melhor para próprio sistema. Exemplos disso são escolas técnicas e escolas que visam educar e formar elites econômicas. Este é o modelo adotado pelos países liberais e, em certa medida, também pelo Brasil.  

 
19. (PITÁGORAS) Dentre as diversas características que diferenciam a modernidade de momentos históricos anteriores está a alteração do lugar da religião na vida das pessoas. No entanto, podemos notar que a história da sociedade brasileira está profundamente ligada aos seus símbolos religiosos.
Indique dentre os itens a seguir aquele que NÃO expressa essa relação entre a religião e o desenvolvimento de nossa sociedade.
a) A estátua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro.
b) Feriados religiosos.
c) Expressões públicas de fé por parte de esportistas.
d) Cidades batizadas com nomes de santos.
e) Os dizeres da bandeira do Brasil, Ordem e Progresso.

resposta:[E]

 
20. (PITÁGORAS) Analise o fragmento da letra da canção “Deus lhe Pague”, de Chico Buarque.

...Pela cachaça de graça que a gente tem que engolir
Pela fumaça, desgraça, que a gente tem que tossir
Pelos andaimes, pingentes, que a gente tem que cair
Deus lhe pague
Por mais um dia, agonia, pra suportar e assistir
Pelo rangido dos dentes, pela cidade a zunir
E pelo grito demente que nos ajuda a fugir
Deus lhe pague
Pela mulher carpideira pra nos louvar e cuspir
E pelas moscas-bicheiras a nos beijar e cobrir
E pela paz derradeira que enfim vai nos redimir
Deus lhe pague.”

(Deus lhe Pague. Chico Buarque)
Disponível em: http://letras.terra.com.br/chico-buarque/72896/ Acessado em: 27/09/2011

Sobre o fragmento da letra da canção de Chico Buarque, é correto afirmar que
a) ironiza uma situação cotidiana de se agradecer com a expressão “Deus lhe Pague”, demonstrando a internalização de uma influência religiosa.
b) demonstra que a expressão “Deus lhe pague” já caiu em desuso, tornando a sua utilização sem sentido.
c) mostra a dificuldade da sociedade moderna de se implementar um estado laico, onde política e religião estejam dissociadas.
d) quando a expressão “Deus lhe pague” é utilizada, remete a uma religiosidade perdida ao longo dos tempos, com o avanço das religiões orientais.
e) quando a expressão “Deus lhe pague” é utilizada, ela tem um caráter de agradecimento e devoção por uma graça concedida.

 resposta:[A]
 
21. (PITÁGORAS) Leia os textos a seguir.


TEXTO I

O que existe é um movimento numa direção clara de maior atuação que se traduz por seus esforços em manter, e mesmo ampliar, sua esfera de influência na ordem social brasileira. Os esforços de D. Leme são todos nessa direção, culminando com a reforma educacional de Vargas de 1934, que reestabelece o Ensino Religioso nas escolas públicas do país. Por conseguinte, a Igreja se vale de um Estado cada vez mais regulador e centralizador para a manutenção de suas prerrogativas de religião oficial do país.

Fonte: PAIVA, A. R. Católico, Protestante, Cidadão: uma comparação entre Brasil e Estados Unidos. Belo
Horizonte: Ed. UFMG, 2003. p.58.


TEXTO II

De certo modo, mais do que qualquer técnica, mais do que o exército, é ela [mãe] quem pari para o Estado os futuros agricultores, artífices, soldados, é também ela o primeiro Mecena dos futuros Orácios [sic] da própria pátria. Grande verdade, portanto, exprimia Cícero quando falava: “a família é o seminário dos Estados”. Mas a mãe só se torna educadora maravilhosa quando é mãe cristã. [...] E aqui, os benefícios da mãe cristã ao Estado são óbvios se atentarmos para a prioridade que a pessoa deve ter sobre o Estado: pois terá como consequência lógica a estrutura do Estado como modo daquela.
Fonte: O PROGRESSO – jornal semanário. 13 de maio de 1962. p.3.





Após os momentos históricos do Renascimento, Revolução Francesa e Revolução Industrial, a valorização da racionalidade passou a afastar o caráter religioso do poder do Estado.
Indique a afirmativa que pode ser comprovada pela leitura dos textos.
a) O texto I demonstra claramente como a junção de Igreja e Estado pode promover ações reguladoras e impor práticas culturais; o texto II mostra a fraqueza do Estado diante de uma religião bem estabelecida no país.
b) Os textos demonstram que um Estado que está desvinculado de uma Igreja forte e atuante está fadado a ser fraco e desarticulado, tornando-se alvo fácil para opositores.
c) Os textos descrevem uma tentativa de se associar ou impor as práticas de determinada religião como as mais corretas para o Estado, na busca de reaver um espaço perdido ao longo dos tempos.
d) Os textos descrevem uma igreja que demonstra grande fraqueza e falta de articulação ao se afastar das ações do Estado, se limitando a tratar apenas de aspectos espirituais.
e) Os textos mostram que a igreja demonstra grande força ao se afastar de questões políticas do Estado, definido seu campo de atuação como estritamente espiritual.

resposta:[C]


 
22. (Uem 2012)  Sobre o fenômeno religioso, assinale o que for correto.
01) É possível afirmar que a religião é uma obra humana que liga os homens ao mundo do sagrado.   
02) Não há registro de experiências de governo que conjuguem ações de Estado e da Igreja no processo legislativo.   
04) O exercício da tolerância religiosa indica a construção de um mundo menos etnocêntrico e mais heterogêneo.   
08) Para Durkheim, as cerimônias e rituais religiosos mostram como a religião tem a função de fortalecer os laços de coesão social.   
16) O estudo sociológico de Weber busca compreender como a ética protestante contribuiu para a gênese do capitalismo moderno.   
 
Resposta:
 01 + 04 + 08 + 16 = 29.

Somente a afirmativa [02] é incorreta. Exemplo de ação do Estado e da Igreja é a negociação acerca dos Planos Nacionais de Direitos Humanos. A visão cristã acerca da família e, principalmente, sobre o respeito à vida, continua presente em diversos códigos jurídicos no Brasil.  


23. (Uem 2011)  Considerando o fenômeno religioso, assinale o que for correto.
01) Em todas as culturas, podemos encontrar “sinais” do sagrado e a definição de locais para sua celebração: templos, igrejas, sinagogas, terreiros, mesquitas etc.   
02) Os rituais religiosos são atos que não passam por processos de transformação, na medida em que se dirigem a um mundo distanciado da vida prática.   
04) Para os sociólogos, é possível compreender algumas das principais características de determinadas sociedades, por meio da análise do fenômeno religioso.   
08) O avanço dos processos de modernização e industrialização das sociedades conduz, segundo alguns analistas, à secularização, que indica perda de influência da religião sobre diversas esferas da vida social.   
16) Há diferenças nas abordagens sociológicas do fenômeno religioso. Alguns teóricos o concebem como elemento que fortalece os laços de coesão social, e outros o tratam como um mecanismo que gera acomodação e submissão.   

Resposta:
 01 + 04 + 08 + 16 = 29.

A Sociologia entende que, nas várias culturas, a religião é simbolizada no momento da fundação de uma aldeia, vila ou cidade. Assim, a fundação do espaço coletivo, feita pelos ancestrais, faz com que se estabeleça um vínculo entre os homens com os deuses e entre os homens com os próprios homens, fazendo com que o estudioso da sociologia entenda o lugar que quer estudar, bem como sua ausência e alienação. 

 
24. (PITÁGORAS) Analise as imagens a seguir.
 
 
Acesso em : 04/10/2011

 


Acesso em 04/10/2011





A partir da análise das imagens, explique como elas representam os meios de comunicação na sociedade.


resposta: As figuras mostram como os meios de comunicação de massa, representados pela televisão e rádio, podem envolver os indivíduos de tal maneira que não percebem muita coisa além de sua presença. Podendo levar a uma situação onde as pessoas se importam mais com os acontecimentos fictício veiculados na TV do que com os ocorridos na vida real, influenciando, assim, na formação de opinião dos cidadãos e com a possibilidade dessa opinião ser manipulada por algum veículo de comunicação.




Um comentário: